SELO DE INDICAÇÃO GEOGRÁFICA VALORIZA O CACAU

0
O Ministério da Agricultura deve receber até o final do ano o projeto para a obtenção do selo de indicação geográfica do Cacau Cabruca Sul da Bahia. O selo é uma das apostas dos produtores baianos para a retomada de produção nos níveis da década de 80 e valorização do cacau. A decisão final caberá ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).
A bióloga Adriana Reis, especialista em qualidade do cacau no Instituto Cabruca, disse ao Estadão, no final de semana, que a ideia é proteger o patrimônio histórico-cultural e sua relação com a conservação do ambiente. “Com a vassoura de bruxa, muitos preferiram desmatar. Esse selo vai proteger a cabruca ao colocar valor no seu produto”, afirmou.
“A indicação geográfica é relativamente mais fácil de obter porque ela reconhece fama e origem, fatores que Jorge Amado e as novelas da Globo contribuíram para disseminar. A qualidade atestada pela denominação de origem já é um indicador mais difícil de provar”, diz reportagem.

Fonte: Blog Pimenta na Muqueca

Ascom-Rezende

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.