Preços do bezerro atingem novos recordes em setembro

0

USA IIOs preços do bezerro atingiram nesta semana novos recordes. O cenário é de oferta restrita de animais em todas as categorias de reposição. Em Mato Grosso do Sul, o bezerro do tipo nelore, de 8 a 12 meses, foi negociado na quinta, dia 11, a R$ 1.083,49, a cabeça à vista, um novo recorde. Foi o maior patamar nominal da série histórica do Cepea, iniciada em 2000.

• Pressão de alta persiste no mercado do boi gordo

No gráfico abaixo é possível acompanhar a evolução dos preços do bezerro nos últimos 12 meses, de setembro de 2013 até agora.

No ano passado, no mesmo período a média da referencia do bezerro era de R$ 800,00, agora o preço já bate a casa dos R$ 1.100,00. Desde o início de setembro, o preço saltou de R$ 1.038,00 para pouco mais de R$ 1.083,00, uma valorização média de R$ 45 em apenas 11 dias.

Para o analista de mercado Elio Micheloni Jr., o preço do bezerro pode ter encontrado um novo piso de preço para as negociações.

Já para o pecuarista Francisco Camacho, que tem confinamentos na Bahia e em Mato Grosso, essa alta da reposição faz parte do ciclo pecuário. Camacho ressalta que o aperfeiçoamento da genética do gado industrial e a precocidade do abate têm reduzido e até acabado com algumas categorias de reposição.

Quanto ao boi gordo, o recorde do indicador Esalq/BMF, base São Paulo, foi batido no dia 3 de setembro deste mês, com arroba negociada a R$ 129,16. Foi o maior valor do boi desde o início da realização do levantamento pelo Cepea, em 1997.

Fonte: RuralBr

Decom – Armênio

Foto:  Magnus Rosendahl/Sxc.Hu

Os comentários estão desativados.