O sucesso do biodiesel no Brasil

Janeiro de 2010 traz uma novidade para o setor energético brasileiro: o nosso país acaba de se tornar o segundo maior produtor de biodiesel do mundo. Tudo isso em consequência da decisão do governo federal de antecipar em três anos a meta de 5% na mistura de biodiesel (B5) com o diesel mineral. Apenas no último leilão – ocorrido no Rio de Janeiro em novembro do ano passado – a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) comercializou 575 milhões de litros de biodiesel, que serão misturados e distribuídos em toda a rede nacional de postos de combustíveis, que abastecerão a frota brasileira nos primeiros três meses do ano.
Nas 53 usinas em operação no país, já foram produzidos 4,6 bilhões de litros de biodiesel, com sustentabilidade econômica e ambiental, com geração de emprego e renda tanto no campo como na cidade, pois o programa ampliou o mercado agrícola aumentando a renda de produtores – incluindo agricultores familiares e assentados da reforma agrária -, estimulou a indústria nacional de produção de equipamentos e melhorou a matriz energética brasileira com grandes ganhos ambientais.

A participação do biodiesel na matriz energética brasileira foi iniciativa do presidente Lula que encaminhou o projeto aprovado pelo Congresso Nacional em 2005. O programa sempre teve como objetivo estratégico a diversificação das matérias-primas, estimulando as vocações e os mercados agrícolas de todo o país, a construção de pólos econômicos regionais a partir das usinas de biodiesel, bem como um forte estímulo ao desenvolvimento regional e social, através da incorporação de milhares de produtores, incluindo os agricultores familiares e os assentados da reforma agrária.

O resultado é que foi organizada uma nova atividade produtiva no país e entramos no século XXI com uma matriz energética mais renovável.

O sucesso deste programa o torna hoje uma referência mundial na agenda de biocombustíveis.

O programa também vem estimulando uma transição do óleo de soja como matériaprima predominante – 80% da produção de biodiesel – para uma matriz diversificada.

Para isso, estão sendo feitos investimentos em tecnologia agrícola, para o desenvolvimento de novas oleaginosas e aumento de produtividade nas já conhecidas, buscando, a partir desse novo conhecimento, aproveitar, dentro de um conceito de sustentabilidade ambiental, as áreas disponíveis, em especial, no semiaacute;rido brasileiro. Já produzimos em nossas usinas da Petrobras Biocombustível biodiesel especificado a partir do óleo de mamona e do óleo de girassol.

Para estimular a participação de milhares de agricultores, o programa brasileiro instituiu ainda o “Selo combustível social” que identifica o compromisso de empresas produtoras com a aquisição de um percentual mínimo de matéria-prima para a agricultura familiar.

Para exemplificar, somente a Petrobras Biocombustível possui, neste momento, 55 mil contratos firmados com agricultores e cooperativas.

O programa brasileiro de biodiesel iniciou bem. Há um enorme trabalho a ser realizado a partir do que já foi conquistado: evitar a concentração geográfica das usinas, estimular a diversificação de matériasprimas, apostando na criação de mercados agrícolas regionais, e ampliar a presença da agricultura familiar no programa. O B5 consolida o programa brasileiro e abre enormes possibilidades de expansão dos biocombustíveis bem como da indústria oleoquímica, produzindo crescimento econômico, desenvolvimento regional e social.

Entramos em 2010 com mais petróleo e mais combustível renovável – pré-sal, biodiesel e etanol. Dispomos hoje de oferta de energia para sustentar o desenvolvimento do país e exportar excedentes. O Brasil dispõe de uma condição energética extraordinária em um período de transição mundial onde as exigências de sustentabilidade ambiental são imprescindíveis para o mundo do século XXI. A nossa vanguarda recém-conquistada neste cenário não foi por acaso.

É fruto de trabalho, competência e inovação do povo brasileiro associada à seriedade e ousadia do governo federal.

Nas 53 usinas em operação no país, já foram produzidos 4,6 bi de litros de biocombustível.

Ascom-Rezende

Fonte: Notícias Agrícolas (Sociedade Aberta)

Miguel Soldatelli Rossetto PRESIDENTE DA PETROBRAS BIOCOMBUSTÍVEL

24 comentários sobre “O sucesso do biodiesel no Brasil

  1. Wonderful work! That is the type of information that are supposed to be shared around the
    net. Disgrace on Google for now not positioning this submit higher!
    Come on over and consult with my website . Thank you =)

  2. First of all I want to say superb blog! I had a quick question in which I’d like to ask
    if you do not mind. I was curious to find out how you center yourself and clear your mind before writing.
    I have had difficulty clearing my mind in getting my
    ideas out. I do take pleasure in writing but it just seems like the first 10 to 15 minutes are
    usually lost simply just trying to figure
    out how to begin. Any ideas or hints? Many thanks!

  3. I just like the valuable info you provide for your articles.
    I will bookmark your blog and test once more here frequently.
    I am fairly sure I’ll learn lots of new stuff proper
    here! Best of luck for the next!

  4. Hi would you mind sharing which blog platform you’re
    using? I’m planning to start my own blog soon but I’m having a tough time choosing
    between BlogEngine/Wordpress/B2evolution and Drupal.
    The reason I ask is because your layout seems different then most blogs and I’m looking for something completely
    unique. P.S My apologies for getting off-topic but I had to
    ask!

  5. FAVOR ENVIAR AO DEPTO. DE COMPRAS

    Linha de Comercialização
    Tubo de aço – Carbono e ligado, preto ou galvanizado, com ou sem costura, nos diametros de ¼” até 60″
    NAS NORMAS
    API 5L ( em todos os graus )
    NBR 5580 / 5590 / 6591
    DIN 2440 / 2458 / 2391 / 2394 / 2448 / 17175
    ASTM A.53 / 106 / 120 / 178 / 179 / 192 / 213 / 214 / 333 / 335
    SCH 10 AO 160 XS E XXS

    Tubo de aço ligado (Alta Temperatura) (ALLOY) A 335 – P5, P09, P11,P22 // A- 333 // A-213
    Tubo para caldeira, evaporadores, super aquecedores, pré-ar e serpentinas
    Tubo calandrado com chapa de até 5″ (SOLDADO EM ARCO SUBMERSO)
    Tubos centrifugado em aço inox e ligas especiais
    Tubo mecânico trepanados em aços especiais como, sae 1045 / 8620 / 4140 e outros)
    Tubo mecânico ST 52 diam. De 32 mm ao 600 mm

    FORNECEMOS TUBOS CORTADOS SOB MEDIDA

    Eletroduto e Curva 45 e 90 Graus galvanizado a fogo nas normas NBR 5597/5598
    Válvulas – Retenção, Gaveta, Globo, Esfera, Borboleta ( Aço Carbono/Ferro Fundido/bronze/Latão 125 á 1500lbs)
    Flange: Welding-nek / Sobreposto / Cego / Liso / Orifício / Cego / Lap-joint ( PADRÕES ANSI E DIN )
    Conexões: Curva / Cotovelo / Te / Redução / luva / Colar ( Biselado, Rosca ou Encaixe CLASSE 150 A 6000LBS)
    CHAPAS GROSSAS INTEIRAS E RETALHOS

    SITE: http://www.aparecidatubos.com.br
    WHATSAPP: 011-97356-0000
    TEL: 011-20909400

  6. Hello there, just became aware of your blog through Google, and found that it’s
    truly informative. I am going to watch out for
    brussels. I’ll be grateful if you continue this in future.
    Many people will be benefited from your writing. Cheers!

  7. Hello! I just wanted to ask if you ever have any trouble with hackers?
    My last blog (wordpress) was hacked and I ended up losing several weeks
    of hard work due to no data backup. Do you have any solutions to protect against hackers?

  8. I don’t know whether it’s just me or if everyone else experiencing problems with your blog.

    It seems like some of the written text in your content are running off the screen. Can somebody else please provide feedback and let me know if this is happening to them too?
    This could be a problem with my internet browser because I’ve had
    this happen before. Appreciate it natalielise plenty of fish

  9. I blog often and I genuinely appreciate your content.
    This great article has really peaked my interest. I am going
    to book mark your blog and keep checking for new information about once per week.
    I subscribed to your RSS feed too.

  10. I know this if off topic but I’m looking into starting my own blog and was curious what all is required to get set up?
    I’m assuming having a blog like yours would cost a pretty
    penny? I’m not very web smart so I’m not 100% certain. Any tips
    or advice would be greatly appreciated. Many thanks

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *