O lixo é que move o avião

0

O lixo que se acumula em aterros sanitários ao redor do mundo começa a ganhar função. E não é apenas produzir metano e acelerar o efeito estufa.

A companhia de aviação British Airways fechou um acordo com a empresa americana Solena Group para a construção da primeira unidade de produção de biocombustível para aviões na Europa. E a matéria-prima para esse biocombustível é o lixo comum.

500 mil toneladas de lixo serão capazes de produzir 60 milhões de litros de combustível para jatos da British. Isso equivale a apenas 2% do combustível que é consumido por todos os voos da companhia que decolam de Heathrow, o maior aeroporto de Londres. Mas já é um começo.

A construção inicia em 2012 na zona leste da capital inglesa e começa a produzir em quatro anos.

No acordo, a British Airways comprará a produção e o grupo americano será responsável por erguer o complexo, como conta o repórter Richard Scott da BBC.

Ascom-Rezende
Fonte: Zero Hora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.