Insatisfação com governo Dilma leva funcionalismo de volta às ruas

Servidores públicos de todos os estados do País prometem transformar a Esplanada dos Ministérios em um grande acampamento caso não sejam atendidos pela ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, na próxima quarta-feira, quando realizam o segundo ato nacional da Campanha Salarial Unificada 2011. O objetivo é conseguir que a ministra reabra o processo de negociações com a categoria.

A expectativa dos organizadores é reunir 20 mil servidores públicos federais em Brasília, entre ativos, aposentados e pensionistas. “Vamos repetir a marcha que realizamos em fevereiro e promover uma vigília em frente ao Ministério do Planejamento”, observa Josemilton Costa, secretário-geral da Confederação Nacional dos Servidores Públicos Federais (Condsef). A entidade, que representa cerca de 800 mil trabalhadores do Executivo Federal, é uma das 26 envolvidas no protesto.

Ascom-Rezende

Fonte: Isaac Marra

Jornal de Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *