Exportações do agronegócio atingem índice histórico para mês de outubro

0

Entre janeiro e outubro de 2012 as exportações brasileiras do agronegócio somaram US$ 80,88 bilhões, o que representou incremento de 1,8% em relação à igual período do ano anterior. Em outubro, as exportações atingiram a cifra recorde de US$ 9,64 bilhões para o mês, o que correspondeu a uma expansão de 11,8% em relação ao mesmo mês de 2011. As informações são da Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a partir dos dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).
O principal setor exportador do mês foi o sucroalcooleiro, com embarques de US$ 2,34 bilhões. A quantidade exportada de açúcar subiu de 2,51 milhões de toneladas em outubro de 2011 para 3,93 no mesmo mês deste ano – alta de 56,5%.
No acumulado dos dez primeiros meses do ano, o principal setor em termos de valor exportado foi o complexo soja, com US$ 24,65 bilhões, o que representou crescimento de 15,1% em comparação ao mesmo período de 2011. O setor foi o que mais contribuiu para a expansão de US$ 1,40 bilhão das exportações do agronegócio, na medida em que aumentou US$ 3,23 bilhões em relação a janeiro e outubro de 2011.
Em seguida, no acumulado do ano, as carnes se destacam com vendas externas e somaram US$ 12,98 bilhões. Em relação ao período de janeiro a outubro de 2011, o valor permaneceu estável (0,1%) em função da ampliação na quantidade embarcada (+4,7%). A carne de frango foi o produto que mais se destacou nesse setor, com US$ 5,92 bilhões (3,12 milhões de toneladas). As exportações de carne bovina, por sua vez, somaram US$ 4,75 bilhões no período ou 1,02 milhão de toneladas, enquanto a carne suína alcançou US$ 1,25 bilhão (485,75 mil toneladas).
As exportações de milho, principal produto do setor de cereais, alcançaram US$ 3,44 bilhões ou 13,07 milhões de toneladas, ultrapassando o recorde histórico anual que havia sido alcançado em 2007 (10,91 milhões de toneladas).
De acordo com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, as exportações de milho devem ficar em torno de 20 milhões de toneladas ao final de 2012. “Contudo, mesmo que o país exporte essa quantidade de milho, a safra em 2012 foi recorde de 72,7 milhões de toneladas. Os estoques de passagem devem ficar em torno de 8 milhões de toneladas, suplantando os 5,9 milhões de toneladas de estoques finais obtidos em 2011”, destacou.
As vendas para a União Europeia alcançaram US$ 18,73 bilhões entre janeiro e outubro de 2012, responsáveis por 23,2% das vendas externas brasileiras de produtos do agronegócio. Entre os países, a China continua sendo o principal destino desses produtos, comprando US$ 16,99 bilhões. Em seguida, vem Estados Unidos (US$ 5,62 bilhões), Países Baixos (US$ 4,88 bilhões) e Japão (US$ 2,62 bilhões).
Fonte: MAPA
Ascom: Orlando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.