Ceplac faz parceria científica para pesquisar fungos no sul da Bahia

0

A realização de pesquisas relacionada com fungos e cogumelos nas áreas de Agronomia e Saúde para trazer resultados positivos aos agricultores brasileiros e às comunidades das regiões produtores de cacau são os objetivos de uma parceria firmada entre a Ceplac e a Sociedade Brasileira de Micologia.

O início desta união ocorreu na manhã desta segunda-feira (dia 31), com a instalação da SBMy numa das salas da Sede Regional da Ceplac. O ato contou com a presença do chefe do Centro de Pesquisa da Ceplac, Adonias de Castro Filho, e do superintendente regional Antônio Zózimo Costa.
“Esta é mais uma prova da vitalidade da Ceplac que tem sua história pautada no desenvolvimento e no futuro da cacauicultura. A Ceplac foi, é e sempre será uma instituição que tem como patrimônio seus servidores e os trabalhos científicos por eles realizados”, disse Antônio Zózimo.
O cientista José Luiz Bezerra, presidente da Sociedade, lembrou que “sem fungos não há florestas”. Pesquisador aposentado da Ceplac e professor da Universidade Estadual de Santa Cruz, ele disse que as pesquisas da SBMy serão focadas nos agricultores sul-baianos, para que eles também vejam os cogumelos como alternativa econômica em suas propriedades.
“Se não fossem as pesquisas relacionadas aos fungos, não teríamos alcançado o atual estágio de transplantes. A micologia está presente no nosso cotidiano, até na fabricação da cerveja. O objetivo da Sociedade é incentivar a pesquisa de fungos no Brasil, por isso instalamos a sede na Ceplac, para que busquemos apoio logístico nos estudos e na realização de seminários e outros eventos”, acrescentou.
Sociedade Brasileira de Micologia, criada em 1990, é uma entidade sem fins lucrativos que congrega pesquisadores, professores, alunos e estudiosos em fungos, nas mais diversas áreas científicas. Conta atualmente com a participação de 200 membros em todo o país.
Os demais membros da diretoria são: Paulo Murilo Neufeld, da Fiocruz, vice-presidente; Jadergudson Pereira, da Universidade Estadual de Santa Cruz, secretário-geral; Tatiana Baptista Gibertoni, da Universidade Federal de Pernambuco, primeira-secretária; Ludwig Pfenning, da Universidade Federal de Lavras, Minas Gerais, segundo-secretário; Edna Dora Luz, do Centro de Pesquisas do Cacau, Ceplac, tesoureira-geral; Luiz Fernando Pascholatti Gusmão, da Universidade Estadual de Feira de Santana, primeiro-tesoureiro, e João Lúcio Azevedo, da Universidade São Paulo, segundo-tesoureiro.
Texto: Ederivaldo Benedito
Fotos: Wilde Cabral
Assessoria de Comunicação da Ceplac
segunda-feira, 31/10/2011
Ascom – Armenio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.