Campanha de vacinação contra aftosa começa neste sábado

0

Bois e búfalos de 20 Estados e do Distrito Federal serão imunizados contra a febre aftosa, a partir deste sábado, dia 1º, na primeira etapa da campanha de vacinação de 2010. Após a aplicação das doses, os produtores rurais devem comprovar a vacinação, nas agências de defesa agropecuária dos Estados. Deve ser vacinado todo o rebanho do Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Sergipe, Tocantins e do Distrito Federal.

No Espírito Santo, Mato Grosso, Paraná e São Paulo serão imunizados apenas os bovinos e búfalos com até 24 meses de idade. Em Rondônia, a campanha, que teve início em 15 de abril, termina em 15 de maio. Em Mato Grosso do Sul, os produtores do Pantanal que optaram pela vacinação em maio devem imunizar todo o rebanho e, na região do planalto, apenas os animais com menos de dois anos.

O rebanho brasileiro é composto por 204 milhões de bovinos e pouco mais de um milhão de búfalos. Nesta etapa da campanha, até o fim de maio, 153,7 milhões de animais devem ser vacinados. No ano passado, o Ministério da Agricultura registrou cobertura vacinal média superior a 97%, em todo o país.

— Essa união entre serviço público e privado, essa concentração faz com que não tenhamos registro da circulação desse vírus no Brasil há quatro anos — diz o secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz.

O último caso da doença foi há cinco anos, em Mato Grosso do Sul. De lá para cá, uma série de ações foram feitas para erradicar o vírus. Apenas Santa Catarina mantém a condição de zona livre da doença sem vacinação.

A preocupação com a aftosa é tanta porque o vírus se propaga com facilidade em qualquer ambiente. Os animais infectados acabam morrendo, o que traz grandes prejuízos econômicos para os países, principalmente o Brasil que é o maior produtor de carne bovina do mundo.

Para o especialista Cristiano Melo, professor de Doenças Infecciosas da UnB, a estratégia de erradicação está no caminho certo.

— O serviço oficial está trabalhando bem. A doença está sendo erradicada, a febre aftosa, e com isso vem o reconhecimento internacional — avaliou Melo.

Ascom – Armênio

Fonte: AGÊNCIA ESTADO E CANAL RURAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.