Bahia registra mais um recorde no índice de vacinação contra febre aftosa

Com 97,93% do rebanho vacinado contra a febre aftosa, a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) começa o ano de 2011 comemorando mais um recorde de imunização dos animais. Os resultados alcançados na segunda etapa da vacinação e a extinção da zona tampão mostram a responsabilidade do criador e o compromisso do governo do Estado em desenvolver e fortalecer a pecuária baiana, garantindo a sanidade das 10.499.186 cabeças existentes no território baiano.

“As atividades da defesa unidas ao processo de modernização da pecuária trazem resultados positivos, favorecendo o sucesso das ações, o alcance das metas e a superação de desafios”, avalia o secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles. Para ele o índice alcançado é um excelente patamar, resultado do empenho das iniciativas pública e privada em prol do setor e reflete o esforço em conjunto entre criadores, associações, sindicatos, governo do Estado e Ministério da Agricultura dentro do Programa Nacional Contra a Febre Aftosa.

“Esses índices de cobertura vacinal alcançados e o processo de extinção da zona tampão foram, sem dúvida, os grandes marcos da defesa agropecuária em 2010 e, certamente, vão embasar as atividades futuramente realizadas pela Agência em prol da agropecuária baiana”, enfatiza o diretor geral da Adab, Cássio Peixoto.

Dentre as medidas desenvolvidas para atingir esse novo recorde de vacinação, a Adab também promoveu uma intensa reestruturação do sistema de atenção veterinária, notadamente do trânsito de animais e da vigilância ativa das propriedades, propiciando maior segurança aos serviços oferecidos ao produtor. “E neste quesito temos que ressaltar a importância do processo de informatização da Adab, que auferiu solidez e segurança total nas informações da base cadastral”, salienta Peixoto, lembrando da implantação da Guia de Trânsito Animal (GTA) Eletrônica, a aquisição do Sistema de Defesa Agropecuária e a implantação do Sistema de Monitoramento Via Satélite (AdabSat) como fatores para garantir a qualidade das atividades dos técnicos da Adab no campo.

O destaque desta segunda etapa da campanha contra a febre aftosa vai para a Coordenadoria Regional de Itapetinga (99,65%), Irecê e Miguel Calmon (99,64%) e Itaberaba (99,17%). As Coordenadorias de Paulo Afonso, Teixeira de Freitas, Jequié alcançaram índices vacinais acima de 98%. Nas regionais da Adab de Salvador, Barreiras, Itabuna, Santa Maria da Vitória, Feira de Santana e Ribeira do Pombal e Vitória da Conquista foram superiores a 97%. Em Guanambi mais de 95% dos bovinos e bubalinos foram vacinados.

Segundo o diretor de Defesa Sanitária Animal, Rui Leal, os criadores de todo o Estado, especialmente aqueles localizados na extinta zona tampão atenderam de prontidão aos procedimentos da vacinação. “Os intensos trabalhos nessa região promoveram ações de conscientização dos produtores, educação sanitária e fiscalização efetiva do trânsito de animais”, destaca Rui, salientando que as auditorias realizadas pelo MAPA incentivaram o aprimoramento das atividades de defesa para o alcance dos índices expressivos de vacinação dos animais na Bahia. “Os produtores da região perceberam que o trabalho realizado durante anos tem retorno positivo e responderam ao chamamento da Adab, fazendo parte deste processo de transformação de um agronegócio mais igualitário em todo o Estado”, finaliza Rui Leal.

Ascom – Rezende

Fonte: Ascom/Adab


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *